Aderencias Pós Lipo

Com a inovação de novas cirurgias e tecnologias em tratamentos pós operatórios conseguimos hoje despararecer com as fibroses que ocorrem após uma cirurgia plástica ou mesmo uma lipo. Por se constituir de uma técnica invasiva a lipospiração, representa uma agressão que provoca uma reação em cadeia em todo o sistema de defesa do corpo. Desta forma, quanto maior a quantidade de gordura retirada, maior será a agressão e, consequentemente, maior será a reação do organismo. Neste caso, tem início um processo de cicatrização irregular na região onde foi feita a lipoaspiração e na incisão cirúrgica, ocorrendo a formação ou desenvolvimento em excesso de tecido conjuntivo fibroso, fazendo aderências que prendem a pele ao músculo, deixando-a com uma aparência disforme e cheia de ondulações.Esse processo se inicia por volta de sete dias apos cirurgia, podendo ser evitado com drenagens linfáticas e ultrassom.
As fibroses podem ocorrer em maior ou menor grau e sua aparição depende de vários fatores. Uma explicação mais científica da fibrose é que esta é uma espécie de edema com proteínas acumuladas de forma crônica, que atrapalham o funcionamento dos fibroblastos, que são responsáveis pela cicatrização, sendo que este trabalha nem excesso e sem orientação, produzindo essas ondulações de colágeno, que causam repuxamento e dor ao paciente, além de uma aparência desagradável na região. Logo após a cirurgia, a fibrose é intensa, endurecida e sensível. Geralmente o tratamento da fibrose é longo. Vários são os fatores que podem influenciar no aparecimento desta: a Repouso inadequado; a Leves traumas na região (como pegar peso, ou pegar o filho no colo); a Uso incorreto da cinta cirúrgica; a Reação do próprio organismo à agressão sofrida com a lipoaspiração. Por isso, os cuidados no pós-operatório são essenciais, dentre eles em destaque a drenagem linfática pós-cirúrgica, o uso de cintas, uso de protetor solar na região, evitar esforço físico na fase inicial, manter assepsia e uma alimentação adequada, com vitaminas e minerais que desempenham papel importante. Um pré – operatório atualmente é recomendado na cirurgia de lipoaspiração proporcionando um resultado ainda melhor na cirurgia. No pós operatório imediato é indicada a drenagem linfática manual e manthus (ultrasom de alta potência), mais tardiamente cellutec frances, radiofrequência tripolar e carboxiterapia, devem ser opções de tratamento.

Author Info

Clínica Tatiana Pizani Dermato Estética